Ascensão Meteórica. O que vem a seguir?

Surpreendente. Imparável. Resiliente. Assim foi o ano da Catarina Nogueira. 
Surpreendeu tudo e todos. Ou melhor, surpreendeu quem andou distraído, porque quem priva com ela sabia que era uma questão de tempo.

Passo a passo, jogo a jogo, torneio a torneio. Foi ganhando dimensão, foi ganhando reconhecimento. Do nº 16, ao nº 12. Entra no top 10 para a 8ª posição e agora chega a um impressionante sexto lugar.

Como poderão já ter notado, este artigo nada se relaciona com um resumo do último torneio de Catarina Nogueira, mas sim de uma apreciação de como o Padel evoluiu em Portugal nos últimos anos. Foi ganhando dimensão, tal como Catarina, foi ganhando mais adeptos, maior reconhecimento. E esperemos que não pare. 

Claro que perante este cenário não podíamos deixar de nos sentir orgulhosos. Acreditamos que fomos um nada responsáveis por esta ascensão do Padel. E esperamos igualmente ter contribuído e ter dado o apoio que a Catarina merece para na sua escalada até ao número 1.

O primeiro passo é simples, é o acreditar. E por estes lados é o que não falta...